Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Lua:

Não sei, pois há tempo não vejo o meu eterno amado.
Vivemos um amor dividido, um amor desencontrado.
Aaaah... Sabe este sereno que se parece com o orvalho?
Pois é, são minhas lágrimas que o amanhã e as noites pedem emprestadas...
São prantos que dos meus olhos entre encontros e despedidas são derramados...

Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.
Joabe o poeta
Enviado por Joabe o poeta em 19/06/2017
Código do texto: T6031453
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joabe o poeta
Rondonópolis - Mato Grosso - Brasil, 43 anos
546 textos (22711 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 00:39)
Joabe o poeta