Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



“DESABROCHAR”

 
Agora que chegou a primavera
eu não quero mais silêncio.
E nem solidão...
Quero uma orquestra inteira
tocando pra mim todas as manhãs.
 
E da tua poesia, os versos despidos...
E que rima por rima
me versejarás com tua voz de soprano.
Esmerada lira, que me acordará...
 
E então, que me beije os teus lábios.
Que me incline o teu peito
e me dê o direito de sentir tua fragrância...
Esse teu corpo...
E que ele se distenda levemente
como um lençol sobre minha rara inocência.
 
Que seja sutil o bastante
para afastar as rendas;
para desabrochar o botão
trazendo a promessa
da rosa tenra...
 
 


( Imagem: facebook)

 
 
Sonia de Fátima Machado Silva
Enviado por Sonia de Fátima Machado Silva em 25/09/2014
Código do texto: T4975971
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Sonia de Fátima Machado Silva
Coromandel - Minas Gerais - Brasil, 57 anos
1341 textos (58459 leituras)
13 áudios (692 audições)
2 e-livros (150 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 08:20)
Sonia de Fátima Machado Silva