Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À JULIANA, UM POEMA

Nasceu, uma flor, em Pedreiras:
Moça, da beleza, herdeira.
Sua voz, em-canto; harmonia verdadeira.brilho
Que direi de seus valores? Doces frutos de videira!

Ó Juliana Maria. Jovem cheia de vida;
Inteligente e bem vinda
Ao jardim das flores lindas,
Que, aos colibris, cativam.

Cintilando em elegância;
Ornada por finos trajes.
Sorriso e brilho, aguardes,
Da rosa, qual pura fragrância.
JONAS MATHEUS
Enviado por JONAS MATHEUS em 21/11/2015
Código do texto: T5456024
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (CITAR CONFORME AS NORMAS DA ABNT). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JONAS MATHEUS
Capanema - Pará - Brasil, 30 anos
205 textos (4558 leituras)
26 áudios (240 audições)
4 e-livros (255 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/19 20:40)
JONAS MATHEUS