Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abnego desculpas.†

Se sou problema não é problema seu
Se estou dependente sou seu problema
Parti do seu desejo eu despreso
A outra eu guardo no meu caderno
Fujo do mundo como os anjos do diabo

Estou sempre errado
Por nunca dizer nada certo
Amizade te compreendo
Mais, nunca estou ao seu lado
E sim, ao ferros presos companheiro

Já fui melhor do que sou
Já parti para longe
Já me vi vendo o que não queria ver
Tambem já disse coisas que não deveriam ser ditas
Se me invejam dou tudo que tenho
Se me superam passo entender
Se me enganam eu despreso
E se me amam eu me assasino
Á alma é barata
Enviado por Á alma é barata em 09/12/2009
Reeditado em 16/12/2009
Código do texto: T1968031

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Á alma é barata
Suzano - São Paulo - Brasil, 33 anos
162 textos (4953 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 10:49)
Á alma é barata