Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imagem do Google
 
E acordei repentinamente
Ouvindo um som que nunca escutei
Parecia música,uma voz
Serenata, talvez.

Chovia muito, lembro-me bem
E o som chegava mais perto
Deixando-me feliz.
Não era sonho, nem imaginação
Alguém cantava alegrando o meu coração.
Pela fresta da janela eu vi
Um vulto se aproximando, enfim
Naquela noite percebi
Que a beleza da vida não tem fim
Porque tem um pedaço de mim
Tem um pedaço de ti.
Juntei o som que ouvi
À alegria que senti
Gritei de felicidade e nem te agradeci
Virei de lado na cama e adormeci.



( Leila Azevedo ) Em tempo de pandemia 2020
 
 
 
 
 

 
Leila Azevedo
Enviado por Leila Azevedo em 30/06/2020
Código do texto: T6991904
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Leila Azevedo
Campos dos Goytacazes - Rio de Janeiro - Brasil
227 textos (11209 leituras)
8 áudios (236 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 17:49)
Leila Azevedo