Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALEGRIA DO TEMPO


ALEGRIA DO TEMPO

A poesia
me revela
no dia que alvorece,
a alegria
do tempo no limiar
do inverno;
não há tristeza
nas nuvens turvas;
a Luz de Deus
brilha no céu eterno.

Assim,
que não fique triste
quem acorda
à luta diária,
por causa do tempo
invernoso;
ore com bom ânimo;
e sinta a alegria
existencial de ser útil,
em qualquer
ocasião
de seu dever laborioso.

Quanto encanto
nos transmite o tempo
frio!
Parece que
o inverno aquece
o coração amoroso.
O prazer
da invernia é provocar
calafrio,
não na nudez do tempo
frio,
mas em quem,
sem agasalho,
doa a quem ama,
o abraço carinhoso.

A alegria do tempo,
envolve as quatro
estações.
Em cada uma delas,
a poesia se revela
com o mesmo
contentamento.

Deus nos doa
o frio e o calor,
em cada momento
distinto das estações
sobreditas,
e as luzes que delas
irradiam,
são pequenas centelhas
da luz divina,
tal qual as luzes
de nossas almas,
cujo brilho,
é oriundo do brilho
espiritual de Deus,
que cintila, não só,
na alegria do tempo
nas estações sucessivas,
mas também,
na eterna beleza divina
das coisas existentes.

Adilson Fontoura
Adilson Fontoura
Enviado por Adilson Fontoura em 23/06/2020
Código do texto: T6985445
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Adilson Fontoura
Itabuna - Bahia - Brasil
772 textos (11428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 22:21)
Adilson Fontoura