Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MUITAS VOZES (HOMENAGEM FERREIRA GULLAR)


Que vozes são essas?
Que até no silencio fala comigo?
Procuro dizer sem saber
O sentimento fala em meu ser
Dos poemas lidos
Dos amores esquecidos
Dos amigos perdidos
A voz presa na garganta
São manifestos?
São esperanças?
As vozes são tudo que carregamos
Do pai
Da mãe
De anos
O tom que temos
O tom que sabemos
É herança do que já esquecemos
Muitas vozes ao mesmo tempo falando
Eu aqui em silencio
Apenas observando
Sandro Sansão
Enviado por Sandro Sansão em 14/06/2019
Código do texto: T6672600
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sandro Sansão
Miracatu - São Paulo - Brasil
893 textos (36796 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 17:31)
Sandro Sansão