Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Morada das palavras

É meloso olhar fotografias
de instantes, hoje tão distantes,
sem cores, no tempo esmaecidas,
fatias de momentos importantes...

Quando cheguei no futuro, o presente
percebeu que o retrato garboso
era uma amostra indiferente
do que agora sou: apenas um saudoso...

O luar não mudara pra ninguém,
mas o coração envelhecera
seguindo o contexto a contento...

Hibernar para chegar numa boa?...
Viver esse tempo de modo intenso
mostra bem que não vivemos à toa...
Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 04/05/2020
Código do texto: T6936930
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1589 textos (39023 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 23:54)
Eligio Moura