Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIAS DE SOLIDÃO

DIAS DE SOLIDÃO

Quando tudo em mim foi silêncio
e o vazio ocupou todos os espaços
eu tentei me afastar de mim
antes que não houvesse um remédio
que me tirasse daquele tédio

Busquei o mundo fora de mim
em um lugar tão comum
a tudo que eu sentia
um lugar tão solitário quanto
mas ele me falava de paz
de serenidade
tanta

Divaguei meio perdida neste mundo
e pouco a pouco compreendi
que o único lugar vazio
é aquele que eu conheci
enquanto vivi olhando tudo
menos para dentro de mim

Foi no meu momento de maior solidão
que eu me senti
me questionei
me encontrei

E a solidão me ensinou
que ela é também companheira
conselheira
e que muitas vezes
ficar um pouco só com a gente
não é estar só completamente

Célia Jardim
Célia Jardim
Enviado por Célia Jardim em 26/07/2019
Código do texto: T6705011
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia Jardim
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
1148 textos (46887 leituras)
20 áudios (1498 audições)
10 e-livros (802 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 20:14)
Célia Jardim