Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Fim de tarde
(Porquê choras, a tarde?)

th?id=OIP.nlHteAxF3SvTzZ9xEbXnsQHaFj&w=240&h=179&c=7&o=5&pid=1.7

Recolhe-te à seus rincões
Suavemente durma em paz
Saibas que bem me apraz
Sua presença, sua magia!

Doce, possam ser teus sonhos
Te refazes, virá nova aurora
Aqui e na mesma hora
Volte e traga sua energia!

Repete-se a mais sublime rotina
Larga ponte a ligar a noite
Como se conselheira fosse
Me corrijas em alegria!

Eu de perto, tu de longe
Tu te achegas de mansinho
Se abrigando em meu ninho
Recoberto em fantasia!

Não me atrevo nada em troca
Mais, que esse lindo arrebol
Tanto combinas com o sol
Como nós em poesia!

th?id=OIP.r54AodjaSxK-Fd1wYgCRRQHaEz&w=288&h=183&c=7&o=5&pid=1.7

Barragem do Rio São Bento-
Siderópolis- SC
Marcosvi
Enviado por Marcosvi em 26/07/2019
Código do texto: T6704743
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcosvi
Siderópolis - Santa Catarina - Brasil
1335 textos (26953 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 00:33)
Marcosvi

Site do Escritor