Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANDORINHAS


Nas palhas do açaizeiro
Pousa sóbria, uma andorinha,
Das bandas da praia, advinda;
Alçava seu voo ligeiro

Pousa na sombra, em descanso,
Repousa sentindo o vento
E grita quebrando o Silêncio,
Na verde palha, em balanço

Chegam mais andorinhas
Com as suas algazarras
Gritando e batendo suas asas.
No açaizeiro, pousando aturdidas

Mas pouco tempo depois
O forte vento as impele
A tornarem às suas alturas.
Seguem seus rumos, após.
JONAS MATHEUS
Enviado por JONAS MATHEUS em 03/01/2018
Código do texto: T6215866
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JONAS MATHEUS
Capanema - Pará - Brasil, 31 anos
166 textos (5561 leituras)
25 áudios (241 audições)
10 e-livros (316 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 01:08)
JONAS MATHEUS