Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEDOS

Do um ao vinte eles estão sempre ali
Passam despercebidos, mas sempre os usam-se
Pra tudo deles necessitamos desde a escrita
Até no momento em que vamos dormir.

Longos e magros ou curtos e gordos
Elegantes e desajeitados, estreitos e tortos
Com unhas grandes, caprichadas e bem feitas
Com unhas curtas, desleixadas ou mesmo roídas.

Ajudam na escola e na contagem do tempo
Prontos para receber a aliança de casamento
Substituem o não! Quando a fala não pode sair
Unidos dão tchau! Quando dizem adeus a partir.

Arrisco a dizer que dedos são o coração da mão
Tocam as notas, os acordes e escrevem a canção
Embalam as melodias e trazem a tona a emoção
Mostram o caminho correto ou as vezes não.

Dizem que os dedos sentem sabor
Secam as lágrimas e acalentam a dor
Deslizam nos corpos no momento do prazer
Demostram cuidados, rendição e também poder.

São o meio de comunicação dos que não tem voz
Representam os verbos eu, tu, eles nós e vós
Parceiros inseparáveis no momento de pensar
Entrelaçam-se quando nos colocamos a orar.

Dedos! Peça necessária da anatomia humana
As vezes apontamos e desvendamos a trama
Companheiros discretos do poeta ante a poesia
Quando encontram uma outra mão que amam
Transbordando de felicidade e alegria.

HB                                          19/04/2020

HERNANI BAPTISTA
Enviado por HERNANI BAPTISTA em 23/04/2021
Reeditado em 23/04/2021
Código do texto: T7239232
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
HERNANI BAPTISTA
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
93 textos (539 leituras)
1 e-livros (5 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/21 23:31)
HERNANI BAPTISTA