Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A palavra deita na sombra
De uma frase solta
Falo da palavra fechada
Que ilumina a voz
No dia calado que fala só
A voz pousa nas letras
Dos lábios que beija o amor
Na noite a solidão desperta
Em nome do silêncio farto
Tenho tanto pra falar
Pensar é muito mais mistério
E num instante surge
Uma serenidade poética e bela
Que traz a senha da vida
Consagrada no livro fechado
Em páginas por excelência
Luminosas entre as rosas
Para nutrir e despertar
Não me oculte as suas curvas
Gosto das letras entrelaçadas
Num ritmo suave
Na página branca me debruço
E sigo a conjugar palavras
Sem pressa para gastar
A edição da vida
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 18/07/2020
Reeditado em 18/07/2020
Código do texto: T7009375
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
342 textos (20907 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/04/21 04:06)
Gernaide Cezar

Site do Escritor