Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mesmos versos

Cansei de ouvir teus versos em prosa.
Repetindo sempre os mesmos versos.
Destilando seu perfume de rosa.
Entrando em meu peito com amor incerto.

Cansei de ouvir as tuas palavras.
Tuas mentiras infames e doces.
Para fazer arder meu peito em brasa.
Fui pra ti tudo e pra mim o que fostes?

Desisti de teus versos e canções.
Não quero tuas palavras vazias.
Nem tão pouco tuas vazias emoções.

Mas ainda sim quero-te inteira a mim.
Pois mato meu peito em tuas declarações.
E às tuas mesmas palavras me entrego por fim.
Abimaleh Green
Enviado por Abimaleh Green em 08/05/2020
Código do texto: T6941174
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Abimaleh Green
Itapecuru Mirim - Maranhão - Brasil, 28 anos
63 textos (408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 02:08)
Abimaleh Green