Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Toda prosa


Minha cor
é negra,
Mas minha alma
é clara
Nela habita o
símbolo
da paz.
Daquele que
derramou
Seu sangue puro
escarlate
Da cor da rosa, e eu,
Toda prosa por
saber;
Que todos somos
iguais.
 

Mary Jun
20/11/2019.

Obrigada, querido poeta. Belíssima interação!

Por encarnações seguidas,
Fui negro sem perceber...
E se puder escolher,
Serei negro notras vidas...

Jacó Filho
Mary Jun
Enviado por Mary Jun em 21/11/2019
Reeditado em 22/11/2019
Código do texto: T6800151
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Mary Jun
Recife - Pernambuco - Brasil, 55 anos
913 textos (44450 leituras)
1 e-livros (94 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 15:54)
Mary Jun