Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Castelo ruíu

Um sorriso mágico, um esbarrão sem querer ( rsrs) uma noite na balada, cabelos enrolados, olhos claros, eu via ali um anjo na terra...logo pedi desculpas com aquele sorriso olhando para ele, foi sem querer, mas foi bom, (rsrs) fiquei encantada com tamanha beleza e gentileza, um drinque ele ofereceu-me e claro, não recusei... conversa fluindo.
Trocamos nossos números e logo o deixei no bar, chamei um carro por aplicativo, e tornei-me a mulher mais feliz ao chegar em casa...sabe aquele sorriso, não saía de meu pensamento todo tempo me pegava viajando, com a mente longe naquele anjo.
E o tempo foi passando e começamos a namorar, lindo era o que mais sonhei depois daquela balada, era ter ele pra toda minha vida ao meu lado.
Depois de alguns buquês de flores, e alguns mimos, tudo mudou, agora era dores e aquele sorriso deu lugar a pancada.
Dente quebrado, braço quebrado, corpo manchado, é meu castelo ruíu, aquele príncipe encantado sumiu, e as constantes desculpas esfarrapadas dada para nossos amigos e família foi crescendo, e eu tornando-me refém, presa ao mundo de expor a vida que eu tinha de um conto de fadas, que nem podia voar.
Valeu minha voz, agora vejo tudo escuro, não sinto o balançar, mas estou sendo carregada...ficaram as fotos, histórias as reais e inventadas...eu fui covarde, e não a denunciei, agora morri. E aí? Esta é a vida que você quer prosseguir?
Apenas um relato
Robson Fernandes
Robson Fernandes Oliveira
Enviado por Robson Fernandes Oliveira em 01/11/2019
Código do texto: T6784835
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Robson Fernandes Oliveira
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 31 anos
269 textos (2617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/01/21 23:53)
Robson Fernandes Oliveira