Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

poeta que se perdeu... ou não

Sem regras, sem censuras
na estrutura de versos meus.
Como, sem mastigar,
e eles retornam sem sinfonias;
às vezes, por ironia, rimam
e meus olhos se espantam
Dizem - Foi sem querer!

e assim são, estão ou virão...
Pupila
Enviado por Pupila em 13/10/2019
Código do texto: T6768105
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pupila
São Paulo - São Paulo - Brasil
718 textos (22385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/11/19 23:44)
Pupila