Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A LUZ DO CANDEEIRO


De repente
A luz do candeeiro apagou-se
E somente
A luz do vaga-lume podia ser vista
O envolvente
Clima de alegria existente ali no barraco
Certamente
Foi pro brejo, escafedeu-se rapidinho
O demente
Casal que papeava com tanto gosto
Tranquilamente
Não deu conta do que havia ocorrido
Ele crente
Que no escuro seria bem melhor
Aparentemente
Não percebeu o candeeiro apagado
Instintivamente
Se deu conta que não se viam
Constantemente
Isso acontecia e ninguém percebia
Mas corretamente
Acendeu o candeeiro, o amor continuou.

Moacir Rodrigues
Enviado por Moacir Rodrigues em 08/10/2019
Código do texto: T6763974
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Moacir Rodrigues
Recife - Pernambuco - Brasil, 70 anos
1862 textos (35517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 08:27)
Moacir Rodrigues