Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pintura de Gernaide Cezar

Na tela
 
No espaço nu da tela branca
Deito cores agitadas em fragmentos
Para na junção formar a significação
Que agrega na curva da luz nuances
 
É na margem que se alarga o espaço
Na forma abstrata da arte viva
Sempre me perco e sem nenhum propósito
Quando o traçado contorna a tela
 
Entro pela sombra da luz no vazio
Sinto na alma o encanto de todos os tons
Que desliza corrente entre as cores
Na pintura dos versos em pinceladas
 
E na seletiva cor do desenho em partes
Com texturas nas cores da minha palheta
Formando uma técnica que transcende na luz
Devido a colagem das partes feitas
 
Que interage com a delicadeza e o brilho que oscila
Onde a luz e sombra refletem no tempo
A espátula desliza numa construção abstrata
Para alinhar a essência formal do espaço
 
O contorno fica explicito e gira em volta da tela
Numa absoluta consciência de estilo
E na plasticidade que envolve o tema
Numa transparência poética e em cores diversas

 

 
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. 
 

    
 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 30/01/2019
Reeditado em 02/02/2019
Código do texto: T6562947
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
344 textos (20934 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 18:02)
Gernaide Cezar

Site do Escritor