Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



O reflexo da história

Numa folha branca desenho o mundo
Na franqueza espalho o meu pensar

Quem ouve a consciência não se perde
                                Na liberdade está a simplicidade
                               E no valor o direito de se expressar

                               Não escrevo versos cheios de rendas
É na metáfora que soletro minha revolta
Em versos espalho o retrato do que vejo
                                     
Não existe um só pedido de desculpa
                                     Parece que todo dano é benéfico
                                     Não me refiro aos poderosos inúteis

Pois tudo acontece para aos poucos
Degustarem a miséria que eles plantam
                                  Sempre em dias claros e outros nem tanto

Vejo que no direito a criatividade é explicita
Procuro um espaço para desenhar  
                                  A vida que sinto numa junção céu e mar  
 Leio palavras bastante ditas por aí
E o mundo bem pensado segue à toa

                                   Tudo prossegue sem a menor  intenção
 
                                    Precisamos de um destino humano
                                    Quero ver o reflexo da história
                                    Lá enfrente onde  surge o sol nascente
                                        
Num desenho quase fora do mundo 
Quando acontece e escorre na margem da vida



Jacó Filho ....    
O reflexo da história!
Já tivemos vários Cristos,
Mostrando-nos os caminhos.
Os matamos feitos bichos,
Apesar dos pergaminhos...

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional
 


 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 24/12/2018
Reeditado em 12/01/2019
Código do texto: T6534620
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
344 textos (20935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 18:59)
Gernaide Cezar

Site do Escritor