Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou eu mesmo

Posto a guarita da fantasia
Observo a claridade real
Com pés no chão
Estou dentro do extremo
De um lado, dentro dele
O chão do equilíbrio esta em cada um
Sou mesmo desafinado
Enquanto os meus instrumentos
São mantidos afiados

Posto a guarita da fantasia
Observo a claridade real
Sem óculos de grau
Eu não enxergo de longe
Vejo ainda assim, a cilada turva
O grau de intuição está em cada um
Sou mesmo cismado
Enquanto puxo aperna do “a” de amigo
Sou eu mesmo a sentinela
Ualy Castro Matos
Enviado por Ualy Castro Matos em 10/12/2018
Código do texto: T6523174
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ualy Castro Matos
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 37 anos
11 textos (74 leituras)
10 áudios (146 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/19 10:43)
Ualy Castro Matos