Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Somente só
 

Espero o tempo fluir
Na página que escorre
Debruçada no balcão da vida
Como se fosse para sempre
E acima do meu próprio abismo
 
Sinto na distância da noite
A solidão que se abre em tempo
No punho fechado da luta viva
Entendo que tudo continua
No silêncio partido em fios
 
Penso que a solitude me encanta
E até acalma o meu tempo só
Caminho na impressão
Que o universo é a parte que cresce
E derrama no tempo a sombra azul
 
No círculo da vertigem vem o anoitecer
Que traz nas folhas um resto de luz
E quase tudo vem segue e perpassa
Que transcende diante dos meus olhos
Na distância crível no meu pensar
 
 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 17/08/2018
Reeditado em 11/09/2018
Código do texto: T6421792
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
356 textos (21083 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 23:31)
Gernaide Cezar

Site do Escritor