Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Um voo livre
 

Tatuei um sonho na liberdade
Que fica atrás da sombra da vida
Num verso feito em curvas
Que comtempla e retorna em partes
As estrias da minha alma
 
Sinto cravado no tempo um voo livre
É preciso louvar situações incertas
Para na noite aquietar a solidão
Em frente ao livro que roça em mim
Numa linha explícita que desvia o seu olhar
 
Sinto quando todos os sóis se apagam
Lá vou traçar e projetar o ápice
Afastando o cenário que buscava a luz
E escondia a seta e destacava o alvo
O dia nascia para driblar o que era tarde
 
O meu sonho arcaico cala o tempo
Apaga a tatuagem abstrata
E gesta uma luz no formato da lua
No desenho sei colorir minha solitude
Que sofre a mágoa da última ilusão
 
Tudo oscila na sombra de atos transidos
Na parte sem forma e em transe
Pelo jeito que deforma a oração
Numa desordem espelhada e sem reflexo
O mundo ficou nu em lágrimas
 
Sempre penso e agrado a solidão
A lavra exalta e torna possível ser
Fujo da opacidade do mundo bruto
Para pousar no voo livre dos meus versos
Que amarra e liberta as regras da civilidade


 
 

  This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License.


 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 19/06/2018
Reeditado em 12/08/2018
Código do texto: T6368299
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
344 textos (20935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 19:49)
Gernaide Cezar

Site do Escritor