Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fotografando vidas
 
Quantas vidas em apenas uma vida
São lembranças vagas
Em algum canto esquecido
Num passado de pouco caso
Debaixo da pele da carne
 
O curso segue na significação lépida
Num brilho que padece em raios
Passos caminham no agito das horas
Que seguem pulsando como um relógio
No sopro cansado da penumbra
 
Tudo aparece no clarão contido
No punho fechado dentro da alma
Que apenas grita no abismo
Mostrando a fotografia dos tolos
Na parte da foto que conspira
 
São tantas noites dentro de uma noite
Debaixo de um telhado encardido
O tempo descuidado vai rumo ao caos
No escuro da claridade de uma voz perdida
Muitas tardes em apenas uma pequena tarde
 
É estranho sentir que a foto demonstra
Uma parte da vida na janela
Perdeu-se no arquivo o que não importa
Como fantasmas das coisas não ditas
A fotografia cai na sombra da luz
 
Que se entrelaça por fora das veias
E o rio também apodrece
No abismo deita palavras ternas
E explode o sonho na folhagem lúdica
Na fotografia do olhar em sonhos azuis



...........Interação..........
Agradeço ao Mestre Jacó Filho.

Versos refletindo cores,
Pondo emoções nas rimas.
Estrofes moldam amores,
Pros casais viverem sinas...///
Parabéns!
 E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre..
.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional
 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 08/06/2018
Reeditado em 03/12/2018
Código do texto: T6358774
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
356 textos (21079 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 22:29)
Gernaide Cezar

Site do Escritor