Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IDEALISMO

Queria ser Cora Coralina
Ou aquela doce menina
Que simplesmente escrevia
Sem fazer apologia
À política ou à religião
Assuntos que geram discussão
E divergências nas mentes
De fanáticos e dementes.

Queria ser neutra nas poesias
Esvaziar-me de ideologias
Não fazer demagogia
Esquecer da pedagogia
Do discurso da servidão voluntária
Das guerras civis e partidárias
Da fome, da injustiça e da opressão
Da miséria que leva ao caos a nação.

Queria fingir indiferença
Falar do amor, esquecer a doença
Aceitar a morfina
Esquecer a fosfoetanolamina
Que foi negligenciada
Antes mesmo de ser testada
E tantas outras curas
Engavetadas e seguras.

Eu me pergunto onde se perdeu
Aquela menina, não sou eu
Os versos que pousavam com serenidade
Agora caem com tempestade
Devastando a brancura do papel
Cuspidas da alma como fel
Deixando um amargo na boca
E um vazio, uma insaciedade louca.
CLAUDIA DALPIAZ
Enviado por CLAUDIA DALPIAZ em 16/05/2018
Código do texto: T6338133
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
CLAUDIA DALPIAZ
Laurentino - Santa Catarina - Brasil, 42 anos
92 textos (2739 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/18 15:46)
CLAUDIA DALPIAZ