Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um sonho meu!
 

Sigo o caminho do dia
Deixo tudo aberto no alvorecer
Tem pó no tempo que ainda aguardo
Pois até a brisa sopra de frente
Penso na leveza do sonho
 
Que se aproxima e vai em frente
Com o olhar cansado de tristeza
Que recorta tudo em fazes
Povoando estranhamente meu vazio
Banhado de luz enquanto o instante é de vela
 
Que escurece todo espaço
No sulco do meu corpo pleno
Sinto falta de coisa que nunca soube
Chego perto da parte que rima com desejo
Recostada num encanto frágil
 
Onde o sol entra no mar e segue
Para buscar o curso do caminho
Que ainda segue no passo de um olhar
E na retórica surge a leveza
Vinda do resto que ficou explícito
 
Sem saber que o pecado não peca
Apenas finge com suave cautela
Que corta a estrada íntima
Na angústia que sufoca minha fala
Mas é no timbre de sua voz
 
Que mais me acho e me encanto
É suntuoso o sumo que antecipa o mundo
Desconfio que a leveza rasgou a ilusão
Acho que o sonho torna mesmo possível
Através da hora que se encontram




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License
 
 
 
 
 
 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 08/02/2018
Reeditado em 03/03/2019
Código do texto: T6248634
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
337 textos (20542 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/08/20 18:30)
Gernaide Cezar

Site do Escritor