Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brinquedo

No hálito do espelho
Um riso convulsivo.
Ajoelho.
Acaricio dobras e meios- fios.
Busco nomes e beijos.
Tateio gritos e medos no absoluto infinito.
Meu violão é solidão,
Irmão das dores,
Enquanto a morte faminta espia
Pelo buraco da fechadura
De um mundo caduco.
Estou no jogo.
No brinquedo de Deus.
Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 13/03/2017
Código do texto: T5939513
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1288 textos (133451 leituras)
11 áudios (1593 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/19 13:15)
Roberto Passos do Amaral Pereira