Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imagem Google, Greta Garbo

Saiu de mim

Olho o vazio sobre o mar
Colado no céu sem sentido
A solidão ocupa o espaço
E interfere no tempo cortado
Saiu de mim em busca de paz
Sinto vontade de molhar as lágrimas
No curso da chuva que apaga
O sorriso dos meus olhos
Quero seguir através da arte
Na minha vontade oculta
Para poder jogar fora
Parte das minhas lembranças
Nas cores do meu passado
Que faz opaca a técnica
De uma sombra iluminada
E despacho para o mundo
A parte que excede os limites
O passado não é o que passou
Mas o que desfigurou no tempo
Nascemos no escuro da vida
Recostada sempre na sombra da luz
Saiu de mim em escalas suaves
Tenho a essência como razão
Para dar sequência aos anos
Que ainda terei de viver
Através da versificação
No meu auto retrato



Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License.
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 03/03/2017
Reeditado em 02/05/2017
Código do texto: T5929890
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
344 textos (20934 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 18:28)
Gernaide Cezar

Site do Escritor