Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 Imagem Google
O mundo faliu
 
O mundo caminha
Desfigurado na indiferença
E num individualismo corrente
Causa estranheza e inquietação
 
Tudo funciona
Em nome da modernidade
Sentimos um colapso no medo
E na esperança uma vertigem
 
Vivemos em meio ao caos
Que propaga a justa ambição
E no declínio vem o mistério que oprime
Quero saber qual a cor da tristeza
 
Lá fora a voz do vento ecoa rouca
O infinito tem apenas visões em flores
Pois a natureza mescla em cores a vida
Não existe um passado em vão
 
E nem estamos submissos
Ao olhar incrédulo da maldade
O mundo devia ter maturidade suficiente
Para com simplicidade ressuscitar
 
O encanto das nossas ilusões
É necessário um outro renascimento
Para transformar as ideias
E enaltecer a esperança de uma época
 
É quase tudo largado a esmo
Sem um vestígio que decifre o caminho
Para se atingir ou desvelar o encanto
E saber como voltar a sonhar e ser feliz





Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License.






 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 24/11/2016
Reeditado em 11/07/2018
Código do texto: T5833646
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
344 textos (20934 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 18:56)
Gernaide Cezar

Site do Escritor