Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Salvação

Quando a brisa da tarde me acaricia a face,
Saudade da casa da infância arde no peito.
Como o pão da fantasia,
Bebo a água que pouco sacia,
Estremeço de vontades.
A poesia salva a vida.
Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 07/10/2016
Reeditado em 07/10/2016
Código do texto: T5784133
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1288 textos (134275 leituras)
11 áudios (1594 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/07/20 03:36)
Roberto Passos do Amaral Pereira