Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Palavras soltas
 
A palavra deita na sombra
De uma frase solta
Falo da palavra fechada
Que ilumina a voz
No dia calado que fala só
A vida pousa nas letras
Dos lábios que beija o amor
Na noite a solidão desperta
Em nome do silêncio eclético
Tenho tanto para falar
Pensar é muito mais mistério
E num instante surge
A serenidade poética e bela
Nada existe sem a poesia
Que sai da senha da vida
Consagrada no livro aberto
Em páginas por excelência
Luminosa entre as rosas
Para nutrir e despertar afoita
Não me oculte as suas curvas
Gosto das letras que se entrelaçam
Na mostra do ritmo que ousa
Numa página branca me debruço
E sigo a conjugar palavras
Que não são verbos
Apenas adjetivos




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License.



 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 03/10/2016
Reeditado em 04/10/2016
Código do texto: T5779996
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
356 textos (21083 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 23:43)
Gernaide Cezar

Site do Escritor