Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Estava apenas a pensar
 

Caminhava de encontro
Ao meu sonho
Na margem solitária
De um lago quase azul
A brilhar na exata proporção
De uma bela visão
Que abastece o arquivo
Entre os meus sentidos
De tão doce aparência
Vi nostálgicos nevoeiros
No lago em lenta mutação
Tinha ideias férteis
Estava apenas a pensar
Em fugir para dentro
Deixando aqui o que vejo
Nos atos nas falas hipócritas
E no eco de um país nulo
Vou me recolher
Na alma que sonha
Vejo uma significância
Já mortificada em tempos
Que descartam os hábitos
E fingi viver o seu poder
Nos olhos de um mundo vão
Sem conceitos e em desordens
Nos dias descontentes
Fico só a pensar




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição  4.0 Internacional.






 
 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 28/04/2016
Reeditado em 28/04/2016
Código do texto: T5619139
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
344 textos (20935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 19:39)
Gernaide Cezar

Site do Escritor