Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALFAIATARIA

Quando você percebe que está sendo excluído por quem faz poesia,

somente por ser engajado e não pertencer à nobre academia,

torna-se óbvio que os poetas abandonaram o conteúdo,

abdicaram da métrica, da harmonia, adotaram o verso mudo.

Mas não me chateio, não escrevo para quem diz que pratico heresia.

A palavra é a agulha que tece no papel a minha alfaiataria.

Porém não nego: gosto de política e também de alquimia.

 
Alexandre Coslei
Enviado por Alexandre Coslei em 20/01/2016
Reeditado em 07/05/2020
Código do texto: T5517729
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Coslei
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
260 textos (24479 leituras)
3 áudios (716 audições)
2 e-livros (1144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 02:42)
Alexandre Coslei