Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




Signos escritos
 

Falso é o rosto frio que passa
E envelhece sua canção
No atalho que rompe os dias
Perto do silêncio do tempo
 
Que teatraliza o rótulo
Do sonho aparente que segue
Pela esquina da viela escura
Que caminha grávida de medo
 
A narrativa engana os sentidos
No conceito livre que declina na tarde
Deita o dorso das mãos no horizonte
E a lua solitária desliza do céu
 
Que deixa na aparência o sonho
Em signos escritos sem formas
É o valor emocional de ser
No canto que vai pela vida afora




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
 
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 21/12/2015
Reeditado em 27/12/2015
Código do texto: T5486907
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
344 textos (20932 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/05/21 21:04)
Gernaide Cezar

Site do Escritor