Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

Meu tempo
 
 
O meu tempo é próximo
Pouco e indiferente
Depois do outro lado surge
E flutua em sonhos
 
É lá que a noite dorme
Entre a lua e os outeiros
Despida de todos os caprichos
Na nostalgia dos nevoeiros
 
Trocamos falsas confidências
A banda toca no coreto livre
O poeta diz um verso lírico
No seu olhar tinha um encanto
 
O dia vem pela luz do caminho
Na sombra que a vida oferece
E deixa a indiferença submergir
No vazio inverso que se afasta




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Gernaide Cezar
Enviado por Gernaide Cezar em 06/12/2015
Reeditado em 06/12/2015
Código do texto: T5471780
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gernaide Cezar
Salvador - Bahia - Brasil
344 textos (20932 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/05/21 20:14)
Gernaide Cezar

Site do Escritor