Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje, apenas hoje

 


Hoje, apenas hoje
maria da graça almeida

Hoje, apenas hoje, euforia esbanjo...
Com novo canto, acalanto a crença dos santos;
visto-me de anjo, a soar  novo banjo;
cubro com manto os desvarios de tantos.
 
Hoje, apenas hoje, fantasias esbanjo.
coloco um véu branco e no espelho me arranjo,
de azul pinto a face a sonhar com doçura,
os sonhos azuis nunca trazem amargura.

Hoje, apenas hoje, alegria esbanjo...
Com  ares risonhos, apago o passado.
os fantasmas tristonhos ponho de lado
e, ao deixar-me no ar, ponho os olhos sossegados.

Hoje, apenas hoje, sorrisos esbanjo.
Aceito o inevitável, sacio o insaciável,
creio no incrível, vejo o invisível,
venço o invencível, atinjo o inatingível,
possibilito o impossível, sensibilizo o insensível,
desfaço-me do ilusionismo das asas
largo os sonhos à deriva e, deles, despida,
volto leve pra casa.

Hoje, apenas hoje...
maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 12/02/2015
Código do texto: T5134697
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
249 textos (18619 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/08/20 15:37)
maria da graça almeida