Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vermelho sangue de preto

Sangue que escorre das costas
Vermelho da raça no negro aflorou
Chicote de trança nas costas do negro
Trança nagô na cabeça formou

Influência no sangue, bombeia o meu peito
Da palma ao pulo, rasteira é enredo
O som do atabaque, agogô e pandeiro
Na volta do mundo que o negro girou

No olhar pela dança no branco o receio
Na roda a esperança de parar o sinhô
O navio carregado completa o ensejo
A escravidão nesse mundo será que acabou?

Muleque surtado afastou-se do meio
Trocou o gatilho, virou um dotô
Amarga lembrança no seio do mundo
Jugou um filho por causa da cor
T Harrysson
Enviado por T Harrysson em 19/11/2014
Reeditado em 20/11/2014
Código do texto: T5041422
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
T Harrysson
Maceió - Alagoas - Brasil
47 textos (448 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/19 06:47)
T Harrysson