Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

25 de dezembro: festa de confraternização dos telhados

O que há por trás da verdade aparente
Que não se vê no vai-e-vem dos indigentes?
O que há de sensacional no desperdício
Que patrocina o vício?

Do alto da torre, fotografo o mundo:
Formigas pisoteadas sem rumo
Famílias prisioneiras do consumo
Festas natalinas de prato fundo

Antigo ritual de gozo mesquinho
Depois da ressaca, o grande arroto
Vão-se o pernil, o chester, o vinho
Em forma de merda pelos esgotos

A vida é uma contagem regressiva:
Do fim dos tempos
Até a primeira alma viva
Contos de demos e bentos
Para aliciar a violência remissiva

Rasgo o dossiê que registro por ora
Urgência letárgica em batizar alguém
Sou sujeito da minha própria história
Mas sozinho, contarei a quem?

RENATO PASSOS DE BARROS
Enviado por RENATO PASSOS DE BARROS em 24/12/2013
Código do texto: T4624549
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
RENATO PASSOS DE BARROS
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 47 anos
163 textos (15238 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 10:35)
RENATO PASSOS DE BARROS