Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

São Pedro: das trilhas dos tropeiros à estância turística

São Pedro: das trilhas dos tropeiros à estância turística
                                                                                 
 14/07/2012.  Veja o Painel de Antônia Aparecida Pallú, de 1981, São Pedro, SP.

“À criança, desta terra, Minha Terra.”
De muito, o rigor da paisagem encanta
a pupila inquieta dos que visitam a serra;
São momentos de vital alegria,
Porque sua memória ainda cintila
nestes ares estacionais e acalenta
um amor nativo de quem aqui vive,
aqui nasceu, cresceu, criou família.
Acolhe, com respeito e amor, os forasteiros
de outras invernadas que vêm tentar
novas empreitadas; construir e editar suas vidas.

Na viagem do túnel do tempo,
percorramos as páginas da História de São Pedro
Em 1725, ninguém imaginava que das trilhas
dos tropeiros o antigo povoado
surgiria entre passagens, dentre elas,
a do Picadão, uma pousada dos tempos
de Pedroso de Barros, que perfazia
o duplo sentido das minas de Cuiabá a São Paulo.

O provável povoamento dista de 1841,
a primeira capela evoca o ano de 1842,
com os esforços de Joaquim Teixeira de Barros,
que fundou a vila com seus dois irmãos,
José e Luís Teixeira de Barros,
vindos dos lados de Itu, interior paulista.

Eles chegaram à Vila Nova da Constituição,
hoje Piracicaba; adquiriram as Sesmaria
 do Pinheiro;  organizaram o primevo povoado;
além de índio, ouro, gado, enraizaram colonos
em fazendas de cana-de-açúcar e café.

Esses são os símbolos do brasão
que tremulam hoje nas vivas cores
da Bandeira Municipal da nossa cidade.

Entre 1890-1995, a imigração italiana veio
fortalecer a economia e as quermesses;
e, aos santos padroeiros, cantavam hinos e preces.

Em 1860, a localidade torna-se distrito;
a freguesia em 1860;
a vila em 1879;
o município em 1881,
a comarca em 1892.


Com a área total de 611 km2,
a população é quase 32 mil habitantes.
O relevo ricamente variegado
entre declives em lindos planaltos
 e serras alinhadas em planícies;
há rochas e sedimentos paleozóicos,
com areia quartzosa,
solos hidromórficos entre vertentes e suas cachoeiras.

A vegetação diversa entre floresta latifoliada,
a campos e cerrados e trechos erosivos.
Sua hidrografia se amplia em rios
como Piracicaba, Capivari e Jundiaí
no Vale do Médio Tietê, com a área de 15.200 km
em lindo vale e serras basálticas.
O clima tropical, seco-frio, em abril a setembro,
oscila entre 16º e 19º C;
quente-úmida em outubro a março,
entre 22º e 27º C;
as médias anuais são acima de 22º C.

A cidade destaca-se no centro-leste de São Paulo,
distando-se da capital 180 km,
pertence à região administrativa de Campinas.
Limita-se, ao norte, com Itirapina e Brotas;
ao Leste, com Charqueada;
ao Oeste, com Santa Maria da Serra e Torrinha e,
ao Sul, com Piracicaba.
Em seu interior sudeste,
está inserido Águas de São Pedro.

No alto da Serra de São Pedro,
O conjunto do Itaqueri,
há rica diversidade ecológica
e o ponto de observação inesgotável;
com linda visão diurna e noturna,
momento esplendoroso e convidativo.
O Mirante do Cristo, esse ponto do turismo,
além de ter saída pela Serra,
descida até ao Museu Gustavo Teixeira,
tem para lá o Convento dos Capuchinhos,
um portal em direção às chácaras,
a Brotas, Torrinha, Jaú e Bauru.

Nos anais da história,
Há outras conquista da cidade:
a primeira rede de água em 1907; o hospital em 1908;
a iluminação pública em 1918; o aeroporto em 1936;
entre 1940 e 1980, a cidade dos bordados
deixou marcas na memória coletiva;
Estação de tratamento de água em 1942;
educação local em 1873, a oficial educação em 1890.
O grupo escolar é de 1913 e o ginásio é de 1948.

A expansão da cidade se deu na década de 1960.
No século XX, em 1972, São Pedro
foi declarada Estância turística,
Por ter uma exuberante paisagem,
as águas minerais, as grutas, o espaço de lazer,
os esportes entre as trilhas e as cachoeiras.
Do alto da serra, há tirolesa, o convento, o mirante,
além de lindos balões e asa-delta
singrando aos ares, brincando às alturas;
no mirante, existe um restaurante acolhedor.

Mire as Igrejas e as praças da nossa cidade:
A Igreja de São Pedro teve seus altares antigos
e os afrescos italianos do século XIX,
suas fotos e os belos altares
e os retábulos estão disponíveis
no Museu de São Pedro,
no prédio do Antigo Grupo Escolar.

Há ainda a Igreja de Santa Cruz,
construída em 1935; com painéis e pinturas,
em processo de restauração;
e a Igreja de São Benedito e sua praça
e outro primor e glamour.

Nas famílias, em álbuns e em outros arquivos,
Há registro da antiga Estrada de Ferro
de Cia Sorocabana, em 1893,
que escoava o café para o Porto de Santos.

O Museu e a Biblioteca revitalizada
se destacam no entorno da antiga praça,
entre as figueiras antigas e as palmeiras imperiais.
A praça com o busto do Gustavo Teixeira
e o Coreto são outras atrações magistrais.

As pessoas podem encher galões
com água pura nas minas naturais,
uma delas fica no Parque Municipal Maria Angélica.

As festas de São Pedro reúnem
gente do entorno há séculos,
valorizando a cultura local.

O anual certame de poemas,
declina maviosamente
o nome Gustavo Teixeira;
a comissão e os livros enaltecem
a figura singela do poeta e sua memória
que sempre exsurgem e amanhecem.

Visite a cidade, o museu, as suas praças,
as lojas e a Veríssimo; admire os bordados;
as feiras e o Parque Angélica;
não se esqueça da Serra e contemple a cidade
lá das alturas; medite sua imagem e história.


FONTE: O Painel de Antônia Aparecida Pallú, de 1981, com a inscrição poética: “À criança, desta terra, Minha Terra.”, com que começo esse poema. O painel está no Terminal Rodoviário de São Pedro; alguns dados foram coletados pelo autor em 01/07/2012, às 7:10.  
J B Pereira e São Pedro: das trilhas dos tropeiros à estância turística
Enviado por J B Pereira em 03/02/2013
Código do texto: T4120494
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2474 textos (1485346 leituras)
19 e-livros (206 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 16:16)
J B Pereira