Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Climatério

Climatério
maria da graça almeida

O desejo insano, oculto,
 desavisado mistério,
jaz na tumba sepulto
ao longo do climatério.
Um sorriso refletido,
nos prazeres de outrora,
sombreia-se, deprimido,
sob as lembranças que choram.

Incansáveis, novas mágoas,
que remam em mares bravios,
tentam manter-se nas águas
 por algas, redes e fios,
enquanto os sentimentos,
no pensamento da dama,
sabem, com dor e lamentos
quão viva foi sua chama.



maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 10/01/2013
Reeditado em 09/04/2013
Código do texto: T4076892
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
249 textos (18520 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/07/20 14:54)
maria da graça almeida