Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fada açucarada

Fada açucarada
Tributo à Tchaikovsky
maria da graça almeida
 
Ó fada açucarada,
meiga, sábia, delicada,
semeadora de bons ventos,
tudo vês e tudo sabes,
até o  lento movimento
de uma flor quando se abre.
 
Ó fada dulcificada,
sei que a lua nacarada
 rende-se sob teu olhar,
mesmo quando se faz tarde
e o sol ainda arde,
no retardo do luar.
 
Ó fada adocicada,
em magia extravasas!
Ao saíres de tua casa,
sério o vento sopra brando
para não ferir  tuas asas
nem quebrar o teu encanto .
 
Ó fada edulcorada,
tens a face afogueada
nos rodopios e saltos.
Em meio a cenários terrestres,
ao som das notas do mestre,
linda, voejas nos palcos.

Ó fada açucarada,
meiga, sábia, delicada...
 
maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 10/11/2012
Reeditado em 11/11/2012
Código do texto: T3978694
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
249 textos (18509 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/07/20 06:43)
maria da graça almeida