Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Primeira morada

Primeira morada
maria da graça almeida
 
Minha primeira morada,
tão singela e bela prenda...
uma casa na fazenda!
 
Modesta casa caiada,
na verde relva, plantada,
entre gerânios e heras.

Dos sonhos arrebatada,
com cheiro de mato e terra,
 cercada de primavera!

Vida  de encanto e doçura,
valsa de encontro e procura.
Portas abertas, à espera.
 
Na infância  e nas cantigas,
de novo, queria  a vida.
 Bom seria se assim  fosse!

Mas  nada me leva  até  lá,
nem a voz  do riacho doce,
nem o canto  do sabiá.

  Nem  mesmo  suspiros e ais
devolvem- me  às delícias
e  alegrias dos quintais.
 
Minha primeira morada,
tão singela e bela prenda...
uma casa na fazenda!
maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 29/07/2012
Código do texto: T3802381
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
249 textos (18517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/07/20 15:53)
maria da graça almeida