Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A sevilhana

Amo-te porque sei que com fogo amas,
porque sei que amando doas-te
e porque sei que doas-te com ganas
de quem dança sem medir tuas doses.

Amo-te porque em ti há fera solta
fera que, sendo feroz, ameaça
e que, ameaçando, foge, se solta
se solta do balançar de teus braços.

Amo-te, se bem que em enigma.
Como quem não pede ser ouvido,
amo-te como que em um pulsar tímido
do taconear dos teus sapatos...

Bailadora, bailadora...
que tens no corpo o fogo da Espanha...
acende-o mais uma vez essa noite
na tua carne tensa, como de rifle,
e dispara contra o céu...
mais uma dosagem de lirismo.
Tiago da Silva
Enviado por Tiago da Silva em 15/03/2012
Código do texto: T3555990
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Tiago da Silva
Afogados da Ingazeira - Pernambuco - Brasil, 29 anos
462 textos (12202 leituras)
3 áudios (299 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 04:54)
Tiago da Silva