Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flor de Inez

Filhos, meus filhos,
há tempo para plantar e para colher
O vento é forte e eu, FLOR DE INEZ, vou me deitar
Eu tive tudo da vida, mas de vocês tive o melhor:
meu olhar em cada um e o meu amor para vocês só

Como tecendo uma renda cheia de zelo e precisão,
dei a vocês meu bem maior: a UNIÃO
Vocês são minhas sementes e germinaram em volta de mim
nossas folhas caem, adubam a terra, e nossas raízes nunca, NUNCA vão ter fim

Quando vocês se olharem e se abraçarem, estarei também,
minha presença será constante a cada instante que estiverem bem
Filhos, meus filhos,
minha filosofia é o amor,
e é por isso que hoje me deito, só para esquecer a dor

Se me pedem para voltar, estou aqui, e já não sofro, e o que é melhor:
a nossa história nunca terá fim
O fim é o começo que nunca se acaba e eu sou como o vento
e me sinto forte, pronta para acariciar a todos
com o que sei dar de melhor: o AMOR
Filhos, meus filhos,
eu, FLOR DE INEZ, vou me deitar.

OBRIGADÃO, INEZ, POR TODO AMOR SEMEADO!


Poesia enviada pelo meu primo, Tiago Vasconcelos.



Em homenagem a uma mulher guerreira, que infelizmente partiu dessa vida. Um ser humano generoso e de uma bondade incomparável.
Meu coração está sangrando, mas tinha que vir até aqui lhe prestar essa última homenagem.
Mulher guerreira, segura na mão de Deus e vá.
O Criador te quis aí em cima, pois Ele também precisa de pessoas especiais ao lado Dele.
Olhe por nós, minha mãe. E saiba que o amor que sentimos por ti, será eterno.

    Inez, minha mãe, uma guerreira que partiu para abrilhantar o céu.

                                                                          * 10-06-51
                                                                          + 27-02-12
Vanessa Pires
Enviado por Vanessa Pires em 28/02/2012
Reeditado em 12/03/2015
Código do texto: T3525636
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Vanessa Pires
Petrópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
132 textos (33385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/21 08:30)
Vanessa Pires