Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ondas

Poderia dizer que são ondas
esse movimento de tuas nádegas
quando, no torno, em fúria
todo o teu gozo exalas

Ondas que abrem-se em alas
de uma maré mais felina:
de uma maré caudalosa
como são as nordestinas.

Por isso, ao olhar-te, diria
que de tua ondas tudo extasia:
o próprio balançar de onda
nas areias e salinas;

a própria sede de mar
que ao homem enfeitiça,
sede e gume da fome
ta qual é a maresia.

Mas em ti essa onda
ou desmente ou é estendida
porque só no teu balanço
o homem encontra vida

Porque mesmo sendo
um afogar de asfixia
o suspiro de tuas ondas
lambra-nos ainda vida.
Tiago da Silva
Enviado por Tiago da Silva em 18/11/2010
Código do texto: T2622654
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Tiago da Silva
Afogados da Ingazeira - Pernambuco - Brasil, 29 anos
470 textos (13464 leituras)
3 áudios (305 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 13:01)
Tiago da Silva