Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ondas

Poderia dizer que são ondas
esse movimento de tuas nádegas
quando, no torno, em fúria
todo o teu gozo exalas

Ondas que abrem-se em alas
de uma maré mais felina:
de uma maré caudalosa
como são as nordestinas.

Por isso, ao olhar-te, diria
que de tua ondas tudo extasia:
o próprio balançar de onda
nas areias e salinas;

a própria sede de mar
que ao homem enfeitiça,
sede e gume da fome
ta qual é a maresia.

Mas em ti essa onda
ou desmente ou é estendida
porque só no teu balanço
o homem encontra vida

Porque mesmo sendo
um afogar de asfixia
o suspiro de tuas ondas
lambra-nos ainda vida.
Tiago da Silva
Enviado por Tiago da Silva em 18/11/2010
Código do texto: T2622654
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tiago da Silva
Afogados da Ingazeira - Pernambuco - Brasil, 29 anos
457 textos (11551 leituras)
3 áudios (299 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 14:51)
Tiago da Silva