Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viagem

De alguma maneira
o verso bateu na porta
entrou de repente
e fez morada...
Bastou o coração
abrir-lhe a porta...
fez o seu quarto
sua varanda
e sala reservada

A poesia domou todas
assumiu as rédeas
e ditou as normas
depois de desfazer
em versos e trovas
fez da vida
sua aventura e arte

A vida saiu do eixo
depois debandou-se
pra bem longe
Foi-se embora
sem rumo ou destino
nem mesmo a poesia
sabia ao certo
onde queria ir...

Mas foi ao certo
pra um lugar
onde se vissem
só rimas e fados
Tiago da Silva
Enviado por Tiago da Silva em 08/07/2010
Reeditado em 08/07/2010
Código do texto: T2366161
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Tiago da Silva
Afogados da Ingazeira - Pernambuco - Brasil, 29 anos
470 textos (13432 leituras)
3 áudios (305 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 20:14)
Tiago da Silva