Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce

Há uma canção,
Toma corpo, toma mente, toma alma
Torna terna, indo com calma,
Lembranças boas, fascinação.
Transformação.
Olhos fechados, ou arregalados,
Mudava o estado conforme o tato
Intenso e raso, eram alterados,
Dominação.

De corpo, de mente,
Ahhh, nostalgia.
Castanhos olhos, cabelos longos,
Riso modesto, me acendia.
Lembro dos lábios beijando os lábios,
Eufórica, esquecia o mundo,
Me mordia.

Poros jorrando,
Encharcam bancos,
Um pé, uma marca,
Um para-brisa.

Zíper dourado, vestido preto,
Timidez contradiz a ousadia.
Lembro vaidades,
Recordo à tempos as fantasias.
As vontades.
Saudades.

Queria hoje, que me encontrasse, pela cidade
E o desabrochar dessa lembrança
Sem pestanejo, repetiria.
Siid
Enviado por Siid em 31/10/2019
Reeditado em 31/10/2019
Código do texto: T6783731
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Siid
Concórdia - Santa Catarina - Brasil, 30 anos
59 textos (1726 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/19 04:22)
Siid