Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seleção Única

Te vi 
E te destaquei
Te li e observei
E desisti
Pois já me encantei por ti

Quando te toquei
Te girei e aconcheguei nos meus braços
Brilhando teus vermelhos alaranjados
Refletindo a todo lado
E eu sorri pra ti

Ficaste guardada em um palácio
Desejada e cultuada
Enquanto te namorava
Sonhando com o dia
Em que tu permitirias
Abrirmos nós dois.

Retirei enfim
O cobre dos teus lábios
Apaixonados
Penetrei teu coração com delicadeza
Abrindo-te
Deixando que sentisses o cheiro
Do meu mundo
Enquanto imediatamente busquei
O aroma delicioso
Que guardaste a vida inteira
Desde o ramo de uma videira
Até o dia mais apropriado
Para ser apreciado

Te derramaste
Líquida, intensa e vibrante
Te observava
Lágrima refeita e constante
Foi quando lançaste
O aroma mais delirante
Que me transportou a tempos
Imemorais
Que minha memória guardaria
Como guardam-se os amantes

Em ritmos incontrolados
Senti na boca a maciez
Aveludada do teu eu
Mais real que qualquer outra
Peça tânica e tântrica
Que senti na minha boca
Revelando em nudez
A pureza do prazer
De uma vida linda e louca

Nesta noite nos casamos
Teu bouquet me foi lançado
Com assinatura rotulada
E o gosto que senti
Foi retrogosto infinito
Face a face com meu fim
Na última gota vermelha
Sangrada de dentro de mim.

Um produto selecionado
Degustado
Por um ser 
Verdadeiramente apaixonado. 
---
Farias R
Enviado por Farias R em 25/10/2019
Código do texto: T6778585
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Farias R
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 37 anos
2 textos (21 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 15:54)