Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Volúpia

Vem adentra em minha toma-me por inteira.
Acerta minha fenda faça-me sua mulher.
Amontoe os lençóis deixa-me exausta.
Agarra-me faz de mim sua presa.

Quero te nesta manhã que começa.
Quero neste aroma das flores te possuir.
Sem lugar, sem hora marcada, sem empecilhos.
Vem ! diz palavras insanas, profanas.

Conduza-me nessa dança no compasso do prazer.
Tu és as mais bela dentre elas.
Vamos juntos beber esse vinho e nos amar um pouco mais.
Te espero com esse fogo, essa paixão, essa louca insanidade.

Vem vamos juntos fazer amor, vamos juntos nos amar.
Entrega-se ao prazer, sedutora, afoita animada querendo ser amada.
Na volúpia incandescente.
Desnuda seus segredos quero desvendá-los.

Vem adentra em minha seja minha.
Quero fazer de te uma mulher amada.
Enxugarei o suor do seu corpo com o meu corpo.
Amordaçarei sua boca com a minha boca.
 

denis maximiano
Enviado por denis maximiano em 08/09/2019
Código do texto: T6739992
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
denis maximiano
Osasco - São Paulo - Brasil, 34 anos
547 textos (6476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/07/20 13:57)
denis maximiano