Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NEGRA RUBRA ROSA

NEGRA RUBRA ROSA

Chegou minha hora demoraste a
tomar-me
Já andei cuidadosa efêmera rubra
rosa
Negra pálida que atenta que palpita
que desdita
Como fêmea amiga voluptuosa
extinta

Pertenço ao mundo inebriante ao
dorso mutante
Cavalgo na carne com posses de
fantasias
De brancos flancos, de dentes caninos
te vejo
Inerte a espera espreita a hora nostálgica
demora

Seja eu pegajosa lambendo arrastando
arranhando
Ou calada subindo gemendo ferindo
felina
Um olhar turvo um cisco um nada um
tudo
Degusto teu gosto o que sei teu líquido
teu sal

Oh!! Amante com ares de rei, porque me
fiz rainha
Me tomas porque torpe ardilosa não me
esquivo
Poeta caminhas por onde traços determino
Premedito
Es engodo porque pensas o que fazes se
Antecedes

ADELE PEREIRA
adele pereira
Enviado por adele pereira em 07/09/2019
Código do texto: T6739588
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
adele pereira
Umuarama - Paraná - Brasil
194 textos (2217 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 16:19)
adele pereira